Alimentação escolar de qualidade é prioridade para a Prefeitura de Alfenas

Alimentação escolar do município é fornecida principalmente pela Associação de Agricultores familiares de Alfenas e Região (AAFAR)

Alimentação

Alimentação escolar é prioridade para a Prefeitura Municipal de Alfenas (Foto: Reprodução)

Uma criança que frequenta a escola sem se alimentar direito pode não conseguir aprender o que o professor está ensinando na sala de aula. Para assegurar o bom desempenho dos alunos, a Prefeitura de Alfenas tem buscado oferecer uma alimentação saudável e nutritiva dentro das escolas.

Desde janeiro deste ano, o município não recebe os recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) destinados à alimentação escolar, tendo portanto que usar de recursos próprios para garantir a manutenção e a qualidade do abastecimento na rede municipal de ensino.

Alimentos provenientes da agricultura familiar

Um dos principais fornecedores de produtos para a alimentação escolar do município é a Associação de Agricultores familiares de Alfenas e Região (AAFAR), fundada em 2011 para atender às exigências do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), e que conta hoje com 94 associados.

De acordo com o presidente da AAFAR, Valdinei Carlos da Silva, a associação possui mais de 30 famílias atuando no plantio, cultivo e fornecimento semanal de aproximadamente 2 toneladas de hortaliças, frutas e legumes in natura para o Setor de Merenda Escolar do município.

Em Alfenas, ainda não há alimentos orgânicos certificados. Em virtude disso, professores da UNIFAL-MG tiveram a iniciativa de oferecer uma série de atividades de formação às famílias associadas à AAFAR, para que possam realizar a transição agroecológica da produção convencional para os alimentos orgânicos.

Logística e cardápio da alimentação escolar em Alfenas

A colheita é feita toda segunda-feira pela associação dos agricultores familiares. A entrega dos alimentos é realizada já no dia seguinte, terça-feira, às 7 horas, no Setor de Merenda Escolar. Logo em seguida, começa a distribuição dos alimentos, ainda fresquinhos, para as escolas.

Segundo Cristiane Marina dos Santos Novaes, coordenadora do Setor de Alimentação Escolar do município, a atual gestão tem atendido as escolas em termos de quantidade e qualidade, sempre com cardápio variado, inovador e nutritivo.

O cardápio é elaborado por uma equipe técnica composta de um nutricionista e estagiários da UNIFAL-MG, sempre respeitando a sazonalidade, a diversificação agrícola da região e a aceitação dos alunos. Ou seja, para cada novo item incluso no cardápio, é feito o teste de aceitabilidade (previsto pela resolução nº 38, de 2009) nas escolas com as crianças.

Cristiane destaca que a Prefeitura busca atender também as necessidades de alunos especiais ou alérgicos, fazendo o acompanhamento, pesagem e avaliação nutricional sob o conhecimento dos pais.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.