Deputado Emidinho Madeira declara apoio total ao produtor de leite

Agronegócio tem sido um diferencial na economia, mas não sabemos até quando essa corda poderá aguentar

deputado

Deputado Emidinho Madeira (Foto: Reprodução/ascom)

“É um absurdo o Brasil importar leite, temos que fazer é o contrário. O Brasil tem potencial para mandar leite pro Mundo inteiro. Mas entra governo e sai governo e a ladainha é sempre a mesma. Não adianta dizer que “Agro é POP” e deixar o produtor sem nenhum apoio. Estou ao lado do produtor no que for preciso, seja aqui em Belo Horizonte ou em Brasília. Como representante de Minas Gerais, estado responsável por 30% da produção nacional, algo em torno de 9 bilhões de litros ao ano, me coloco à inteira disposição da classe produtora. Essa briga tem que ser unida entre todos os elos da cadeia produtiva do leite. Podem contar comigo no quer for preciso”, disse o deputado Emidinho Madeira na mobilização em repúdio à crise na cadeia produtiva do leite que marcou a audiência pública da Comissão de Agropecuária e Agroindústria da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quinta-feira (26/10/17). A reunião contou com a presença de produtores rurais de diversos municípios mineiros.
Foram enfatizadas as dificuldades pelas quais passam os produtores de leite. Entre elas, o alto custo da produção, o preço irrisório do leite pago aos produtores, a energia elétrica cara, a seca e a ameaça de importação de leite do Uruguai, que está suspensa temporariamente.
De acordo com o produtor de Passos (Sul de Minas), Maurício Silveira Coelho, integrante da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), a situação vivida no setor é muito grave. “Ninguém consegue se manter com o preço do produto abaixo do custo da produção. Todos nós estamos no vermelho. Não dá para ficar assim por muito tempo. Precisamos de uma política estruturante”, afirmou.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.