População deve estar alerta no combate ao mosquito da dengue em suas residências

100% dos focos de proliferação do mosquito encontram-se dentro das residências

população

População alfenense deve estar em alerta no combate à dengue (Foto: Reprodução)

Desde os primeiros dias da nova administração, a Prefeitura de Alfenas tem trabalhado incessantemente no combate aos focos do mosquito transmissor da dengue no município.

Entre os dias 16 a 20 de outubro, foi realizado em Alfenas o 3° Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (LIRAa) pela equipe da Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde do município.

População deve manter-se em alerta

Segundo os últimos dados apontados pelo LIRAa, os bairros detectados com maior índice de infestação são: Campinho, Jardim Elite, Jardim Vista Alegre e Vila Teixeira.

Esse levantamento também demonstrou que 100% dos focos de proliferação do mosquito encontram-se dentro das residências. Em virtude disso, o Coordenador da Vigilância Ambiental, Edimauro Pereira, ressalta: “se cada um de nós cuidar da própria casa e do quintal, conseguiríamos eliminar de uma vez os focos de criação do Aedes aegypti na cidade”.

Medidas de prevenção que podem ser tomadas em casa

É preciso vistoriar constantemente os possíveis criadouros de dengue, como vasos, recipientes, bebedouros, caixa de água, calhas, lajes e telhados. Saiba como:

– Não deixar água acumulada sobre a laje de sua residência;

– Não deixar a água parada nas calhas da residência. Remover folhas, galhos ou qualquer material que impeça a circulação da água;

– A vasilha que fica abaixo dos vasos de plantas não pode ter água parada. Deixar estas vasilhas sempre secas, retirá-las, ou cobri-las com areia;

– Bebedouros humanos e caixas d’água devem ser limpas constantemente e mantidas sempre fechadas e bem vedadas. O mesmo vale para poços artesianos ou qualquer outro tipo de reservatório de água;

– Vasilhas que servem para animais como gatos e cachorros beberem água devem estar limpos e ter a água trocada diariamente;

– As piscinas devem ter tratamento de água com cloro sempre na quantidade recomendada. Piscinas não utilizadas devem ser desativadas, com a retirada total da água, e permanecerem sempre secas;

– Garrafas ou outros recipientes semelhantes (latas, vasilhas, copos) devem ser armazenados em locais cobertos e sempre de cabeça para baixo. Se não forem usados devem ser embrulhados em sacos e descartados no lixo.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.