Mulher de 35 anos morre após sofrer ferimento dentro de quarto de motel em Três Corações

Mulher de 35 anos morreu espancada por namorado na madrugada do último sábado; segundo polícia, companheiro tentou alterar cena do crime

Mulher

Mulher encontrada espancada em motel em Três Corações (Foto: Reprodução)

Polícia Civil investiga qual teria sido o motivo do assassinato de uma mulher encontrada morta na madrugada de sábado (29) em um quarto de motel em Três Corações. O principal suspeito é o namorado dela.

Raquel Fernandes Silva, de 35 anos, foi encontrada com diversos ferimentos na cabeça e no corpo. No boletim de ocorrência, o namorado dela, de 39 anos, contou para a polícia que a mulher tinha passado mal, caído no banheiro e batido a cabeça, depois de consumir álcool e drogas. No entanto, a polícia descobriu evidências que Raquel foi assassinada.

Segundo a polícia, a vítima foi espancada. Raquel foi encontrada com ferimentos no abdômen e na cabeça. De acordo com a perícia, uma das causas da morte foi traumatismo craniano, provocado por fortes lesões no cérebro. No quarto, havia marcas de sangue e sinais de luta corporal, indícios de que o namorado tentou esconder da polícia.

“Alguns detalhes não passaram despercebidos, como a umidade do chão e do rejunte do piso, que insinuava para nós que ele limpado a cena do crime. Dentro do quarto havia respingos de sangue, na parede, no chão, no espelho e muitos fios de cabelo, que demonstra que houve uma luta corporal entre eles, nós acreditamos que tendo em vista as lesões apresentadas pela vítima, ele se utilizou de uma ação contundente com as mãos segurando o cabelo, ele batia a cabeça da vítima”, disse o delegado Cristiano Almeida.

O casal entrou no motel por volta das 20h de sábado e só às 4h da manhã, o namorado pediu ajuda aos funcionários, dizendo que a namorada tinha passado mal.

“Foi encontrado já o corpo frio, por volta de 4h, o que insinua que não havia ocorrido a morte naquele momento, mas provavelmente umas duas ou três horas antes, ele teve todo o tempo para praticar o crime, tentar limpar a cena do crime e criar essa história que houve ali um acidente para tentar se furtar, a ação policial de investigar esse crime”, disse o delegado.

O namorado disse à polícia que tinha comprado cocaína e crack para o casal, mas nenhuma droga foi encontrada no quarto. Raquel tinha duas filhas e morava há 2 meses no bairro Monte Verde, em Três Corações. O suspeito, que está preso, tem passagens pela polícia por roubo, furto, lesão corporal e ameaça.

“É uma cena de crime que houve ali uma morte, e essa morte foi provocada por ele, agora cabe a nós demonstrarmos o motivo que levou ele a praticar isso e se realmente ele foi com esse propósito de retirar a vida dela”, disse o delegado.




Expresse sua opinião. Comente a matéria acima!