Duas mulheres morrem atropeladas em acostamento de rodovia em Lavras

Mulheres pediam carona na beira da pista e morreram no local. Um dos motoristas ficou gravemente ferido

Mulheres

Mulheres pediam carona na beira da pista (Foto Reprodução rede social)

As duas mulheres morreram atropeladas enquanto pediam carona em um acostamento, na manhã desta segunda-feira (14), em Lavras. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente envolveu três caminhões na BR-265, no trevo que dá acesso à cidade.

Ainda segundo a polícia, uma carreta reduziu a velocidade e, para evitar uma batida, o caminhão baú que vinha logo atrás também freou. Porém, o segundo foi atingido por um caminhão-tanque, carregado de soda cáustica, que perdeu o controle e atropelou as duas vítimas.

“Eu tive que frear, porque eu não podia jogar para o meu lado esquerdo porque vinha carro pequeno. Aí onde eu senti que o caminhão vermelho acidentado ali bateu na minha traseira”, contou o caminhoneiro Mauro Francisco Pereira.

As vítimas são Fabiana Barbosa de Souza, de 35 anos, do Rio de Janeiro (RJ), e Cimara dos Reis Bittencourt, de 23 anos, de Cantagalo (RJ). Os corpos das vítimas foram levados ao IML de Lavras.

“Ele provavelmente não conseguiu evitar a colisão com o segundo veículo. Ele tentou desviar, mas não foi possível. E colidiu a sua dianteira com a traseira do outro veículo e havia duas pessoas no acostamento, e essas pessoas foram atropeladas”, explicou o policial rodoviário Giovani Pereira.

Os caminhoneiros passaram pelo teste do bafômetro, que não apontou consumo de álcool. “O resultado foi negativo, não ingeriram bebida alcoólica. [Habilitação] tudo ok”, concluiu o policial.

O motorista do caminhão-tanque foi socorrido em estado grave para a Unidade Regional de Pronto Atendimento (URPA) de Lavras, onde recebe atendimento.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.